Projeto Ver e Ouvir – Maringá e Rio de Janeiro

Entre os dias 6 e 9 de julho, o vice-presidente da Abrasta, Eduardo Fróes, realizou o Projeto Ver e Ouvir nas cidades de Maringá e Rio de Janeiro. Através do projeto, a ABRASTA realiza visitas aos hemocentros do país, dissemina informações sobre a Talassemia, mapeia as condições gerais dos centros de tratamento e levanta dados sobre as principais necessidades dos pacientes para a elaboração de relatórios que sirvam como argumentos para negociações junto às Secretarias e Ministério da Saúde. Durante a realização das reuniões, foram pautadas demandas como a falta de medicamentos, exames básicos como o de ferritina, falta de sangue para pacientes e a preocupação dos pacientes com a segurança do sangue. A #ABRASTA está sempre preocupada em garantir o acesso dos pacientes ao melhor tratamento existente e estamos trabalhando para que essas problemáticas sejam resolvidas. #Talassemia